Facebook Instagram Pinterest Twitter

1 de agosto de 2016

Agosto

Este mês que iniciou hoje não é um mês qualquer, é o meu mês do ano, o mês em que nasci, em que vi a luz do sol e que celebro mais um ano de vida. Para mim é importante por esta altura fazer uma perspectiva do que aconteceu no ano que passou, se cresci, se mudei, se evolui... Este ano faço 25 anos e quando penso em tudo o que tenho e que já vivi, sou muito grata! Tenho uma profunda gratidão em ter tido a oportunidade de viver tanto na minha vida, cada ano que passa estou cada vez mais agradecida. Muito do que tenho na minha vida é um segredo bem guardado, por isso sou muito feliz! Tenho sonhos, todos os sonhos do mundo, e faço questão de os ir realizando um a um, porque o que seria de mim sem sonhos? Não teria razões para viver.

Faço 25 anos, muito mais madura, mais calma, mais confiante, mais amada, mais culta, mais viajada e mais feliz do que nunca. Agosto será um mês de celebração e dia 13 será o dia de agradecer muito!

Até breve & Sejam felizes!

4 de julho de 2016

Tempo

O tempo pode ser o nosso melhor amigo, porque tudo tem o seu tempo para acontecer, eu acredito no destino, que quando algo tem de acontecer, irá acontecer no momento certo, por ser uma lição. Eu deixo o tempo encarregar-se de me mostrar como as coisas realmente são, coisas ou pessoas, estas acabam sempre por revelar quem realmente são através das suas ações, e eu fico feliz por descobrir isso, porque nunca é tarde e o tempo é sempre o correto! Por isso, continuo com o meu silêncio, continuo com a minha paz, continuo com a minha vida, porque a dos outros a mim não me afeta, mas da minha vida também ninguém sabe nada, porque é minha. A minha felicidade é muda e dela ninguém mais sabe, a não ser eu! 

Preocupa-te mais contigo, faz por ti, porque o tempo não faz nada e só tu podes lutar por aquilo que tu queres!

Até breve & Sejam felizes! 

28 de junho de 2016

Bacalhôa Buddha Eden








E ao fim de três anos, voltamos a visitar este jardim onde tudo começou! Foi neste jardim o nosso primeiro encontro, pode-se dizer que Buda abençoou o nosso Amor. Mas desta vez foi ainda mais especial, porque eu e o N. demos mais um passo muito especial no nosso relacionamento, então mais uma vez Buda estava presente. É muita paz e é muito amor por este jardim, é um bom refúgio para passear ou para relaxar. Quem não conhece, tem de visitar este lugar maravilhoso! É daqueles locais que ficam no 
Até breve & Sejam felizes!

25 de junho de 2016

Aprendizagem

Sinto que estou constantemente a aprender e é assim que tem de ser, estamos sempre a aprender coisas novas, como uma nova receita, uma nova música, uma nova forma de lidar com a vida, um novo sentimento. Já questionei-me muitas vezes o que seria de mim se não aceitasse aprender, se não aprendesse com as variadas situações que ocorreram na minha vida! Eu quero aprender, estudar, o máximo que eu conseguir, quero ir até onde não puder mais, até ao limite, se é que exista o limite. Para mim, viver é estar sempre a aprender, a lidar com a vida, com as situações, tanto a nível pessoal como a nível profissional. Porque quanto mais aprendermos, mais poder temos, em controlar as nossas vidas, em respeitar os outros, em lutarmos por aquilo que queremos!

"Create the highest, grandest vision possible for your life, because you become what you believe."

Até breve & Sejam felizes!

24 de junho de 2016

Sobreiras - Alentejo Country Hotel






Não existe sítio como a minha casa para me fazer sentir em paz, calma e relaxada! Mas existem sítios que fazem-me sentir em casa, como a Herdade do Vale das Sobreiras, que foi uma descoberta recente e que valeu tanto a pena. Ainda pensei em adiar a visita, devido ao cansaço do final do semestre, mas ainda bem que não o fiz, porque foi tão bom! Neste hotel inspira-se natureza e sossego, está longe de tudo o que nos pode tirar a calma e é o melhor escape do movimento da cidade. Infelizmente esqueci-me de levar a máquina fotográfica, só capturei as fotos com o telemóvel, mas prometo lá voltar para tirar umas fotografias que façam jus à sua beleza e simplicidade. É perfeito para meditar, para fazer uma retrospecção da vida e para planear o futuro!
Até breve & Sejam felizes!

20 de junho de 2016

Amor

No caminho que é a vida, perguntei-me muitas vezes o que seria necessário para ser feliz! E conclui que apenas eu poderia ser a responsável pela minha felicidade, ao cuidar de mim, ao lutar por mim e ao gostar de mim. Portanto, nunca fui de insistir naquilo que eu sentia que não valia a pena, sempre soube quando era o momento exacto de deixar o que não me fazia feliz e seguir em frente. Por exemplo, no amor, eu nunca tinha amado ninguém de verdade até conhecer o N., com ele aprendi a amar e já passaram mais de 3 anos, parece pouco tempo, quando ao mesmo tempo parece muito mais. O N. mostrou-me que eu nunca tinha conhecido ninguém que valesse a pena, ninguém que me amasse de verdade, ninguém que me valorizasse como eu me valorizo a mim própria. E eu apenas retribui, amando-o cada vez mais, valorizando-o, apoiando-o em tudo, vi-o crescer perante os meus olhos, a lutar pelos seus sonhos, como ele fez por mim, sempre presente, sempre comigo em todos os momentos, fáceis e difíceis. Se continuo a falar sobre este meu amor, nunca mais termino, porque há tanto para dizer. Ele é a minha pessoa, não é a minha metade, mas sim a minha alma gémea, eu sou uma pessoa ainda mais completa e mais feliz desde que aprendi a amar, ele é a pessoa certa para acompanhar-me para o resto da minha vida e eu vou fazer de tudo para retribuir, porque o amor é assim, fácil, leve e feliz!
"I walked into love with you, with my eyes wide open, choosing to take every step along with you. I'd choose you in a hundred lifetimes, in a hundred worlds, in any version of reality, I'd find you and I'd choose you!" 
Até breve & Sejam Felizes!

1 de junho de 2016

Maturidade

Maturidade é saber quando é a hora de ir embora em silêncio e nunca mais olhar para trás.
Tudo o que nós vivemos, seja algo bom ou menos bom, acontece sempre porque tem de acontecer, mas é da nossa responsabilidade a forma como lidamos  com esse tipo de ocasiões da vida. 
Maturidade não significa o quanto eu vivi, mas sim o quanto eu aprendi! Sou eu que controlo a minha maneira de lidar com as situações e opto por encará-las como lições de vida. É saber quando está na hora de dizer "basta", sem ódio, sem ressentimentos, "cortar" da nossa vida aquilo que não nos faz bem, que não contribui em nada para a nossa felicidade, porque isso demonstra respeito próprio. Porque não vale a pena insistir naquilo que não nos leva a lado algum. É virar as costas e seguir sempre em frente, de cabeça erguida, sem nunca mais olhar para trás!
Até breve & Sejam felizes